Supercopa Libertadores de 91 Cruzeiro x River Plate

Publicado em 30 de janeiro de 2020

Os três gols do Cruzeiro, diante do River Plate, da Argentina, em 1991, certamente é guardado com bastante carinho pelo torcedor cruzeirense. Na noite do dia 20 de novembro, os torcedores do Cruzeiro viram o time de Ênio Andrade reverter a vantagem de 2 a 0, alcançada no estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, e conquistar o título inédito da Supercopa Libertadores (hoje chamada de Supercopa Sul-Americana). 

Tendo como inimigo o tempo e como amigo a vantagem de jogar em casa, no gigante da Pampulha, Mineirão, a comemoração do torcedor veio aos 34 do primeiro tempo, com o gol do volante Ademir Roque. Mário Tilíco, no segundo tempo, confirmou a vitória da raposa marcando dois gols. O que para muitos era impossível, se tornou um grande feito do Cruzeiro e, sem dúvidas, entrou para a história do futebol.